Ensino superior de qualidade precisa-se, diz o ministro da educação

0
509

 

São-Tomé, 30 Mai ( STP-Press) – O Governo de São-Tomé e Príncipe iniciou estudos educacionais visando adoção de um sistema de avaliação no ensino superior com vista a melhorar a qualidade de formação nas universidades do País, anunciou segunda-feira o ministro da Educação, Cultura, Ciência e Comunicação, Olinto Daio.

Olinto Daio fez esta declaração na abertura do primeiro seminário sobre o sistema de avaliação do ensino superior num projeto que conta com parceria da cooperação brasileira através do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP) do Brasil.

“A educação aqui em São-Tomé e Príncipe, sobretudo o ensino superior também deve ser uma educação de qualidade” – disse ministro tendo acrescentado que «queremos um cidadão bem formado, capaz de competir com outros estudantes universitários”.

“Para isso, precisamos de perceber, conhecer ou ter domínio de algumas ferramentas para que nós possamos construir este ensino superior” – disse Daio, tendo sustentado que a montagem de um sistema de avaliação “não significa um policiamento” mas sim um patrão para “levar-nos realmente ao objetivo que queremos”.

Além de ter considerado que as transformações que estão a acontecer em São Tomé e Príncipe requerem mais ambição e audácia, o governante defendeu que o País precisa de um o ensino superior forte com professor universitário capaz de participar num projeto científico de cariz internacional.

Fim/RN

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Seu nome