Governo vai lançar alcoolímetros e cinto de segurança para reduzir acidentes

0
639

São-Tomé, 20 Nov. ( STP-Press) – O Governo através da Polícia Nacional vai a partir de  2018 recorrer ao uso do alcoolímetro para testar condutores e exigir cinto de segurança dentre novos métodos de fiscalização de trânsito para se reduzir os acidentes rodoviárias no País – anunciou sexta-feira o ministro da Defesa e Administração Interna, Arlindo Ramos, no final de um curso da policia sobre a segurança rodoviária.

O ministro fez esta declaração no encerramento do curso ladeado pelo Comandante Geral da Polícia Nacional, o Superintendente, Domingos Papa, o vice-Comandante Geral da Polícia, Dulcínio Daniel e o Inspetor Geral da Polícia, o Intendete, Aurito Daniel, dentre outras patentes policiais são-tomenses.

Tendo manifestado a preocupação do governo face ao aumento de número de acidentes rodoviários nos últimos tempos no País, o ministro Arlindo Ramos anunciou que a polícia nacional irá lançar novos métodos de fiscalização de trânsito e o cumprimento dos códigos da estrada bem como outras medidas de prevenção e sensibilização como forma de se inverter a situação.

“ Vamos proceder a formação dos agentes da utilização de novos métodos de fiscalização de acordo com o código de estrada”, disse Arlindo Ramos, tendo citado “ a utilização do alcoolímetro na fiscalização dos condutores, o uso de cinto de segurança, e interdição dos telemóveis” durante a condução.

Na sua intervenção, o Comandante Geral da Polícia, Domingos Papa assegurou a continuidade das formações no sentido “ de melhor se capacitar os agentes” na fiscalização e na abordagem aos condutores no sentido de se garantir o cumprimento das normas e os códigos das estradas evitar as sinistralidades e consequentemente prejuízos, sociais e económicos para o País.

Além de ter sido dividido em sessões teóricas e práticas, o director do curso, o Intendente Aurito Vera Cruz falou do seu conteúdo tendo sublinhado a abordagem da ética bem como das legislações, normas e regulamentos incluindo o código da estada numa focalização a atitude e o comportamento dos agentes de trânsito e segurança rodoviária.

Fim/RN

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Seu nome