Ex-ministro são-tomense detido por alegada tentativa de suborno

0
686

 

São-Tomé, 5 Nov. (STP-Press) –  Ex – ministro são-tomense da Justiça e conselheiro do Supremo Tribunal de Justiça Justino Veiga foi detido na noite desta segunda-feira pela polícia, por alegada tentativa de suborno a magistrados, soube-hoje de judicial.

Justino Veiga, que deverá ser ouvido nas próximas horas de hoje pelo Ministério Público (MP), exerceu até finais de Novembro as funções de assessor do presidente do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), Manuel Silva Gomes Cravid, que o demitiu e o acusou junto ao MP de tentativa de suborno a dois magistrados judiciais, incluindo o próprio líder do Supremo.

A detenção de Justino Veiga surgiu poucas horas depois do administrador da cervejeira são-tomense “Rosema”, Domingos Monteiro, vulgo “Nino” ter interposto no Ministério Público uma queixa-crime contra Justino Veiga bem como o deputado do PCD, Delfim Neves, e vice-presidente do MLSTP-PSD, Osvaldo Vaz e administrador-geral da Empresa “ENCO”.

Este imbróglio jurídico deve-se aos interesses na única cervejaria do País “Rosema”

Fim/RN

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Seu nome