FMI aprova desembolso de mais 1,8 milhões de dólares para São Tomé e Príncipe

0
590

São-Tomé, 12  Dez ( STP-Press ) – O Fundo Monetário Internacional, FMI anunciou esta terça-feira a aprovação da terceira e quarta avaliação do empréstimo concedido a São Tomé e Príncipe, desembolsando 1,8 milhões de dólares e considerando que a política governamental “é apropriada”.

A decisão do FMI surge nove meses depois do primeiro-ministro são-tomense, Patrice Trovoada ter sido recebido em Washington, pela directora do FMI, Christine Lagarde, num encontro que contou com a presença do ministro são-tomense das Finanças, Américo Ramos e do governador do Banco Central, Hélio de Almeida, no âmbito do programa entre as duas partes.

De acordo com a Lusa, a direção do FMI completou a terceira e quarta avaliação do programa de assistência financeira, no total de cerca de 6,2 milhões de dólares, a que São Tomé e Príncipe está vinculado.

“A estratégia das autoridades de desenvolvimento para promover um crescimento mais inclusivo e sustentável, ao aumentar o investimento em infraestruturas e capital humano, subindo a despesa social e avançando com as reformas estruturais, é apropriada”, divulgou a Lusa citando um comunicado distribuído em Washington.

“O sucesso do programa depende do controlo apertado da execução orçamental para garantir que as despesas se limitam aos recursos angariados, salvaguardando a estabilidade macroeconómica e a sustentabilidade da dívida”, lê-se no comunicado.

“A economia de São Tomé continua a crescer sustentadamente e a perspetiva de evolução é positiva”, comentou o diretor em exercício no conselho de administração, Tao Zhang, acrescentando que “ainda assim, a implementação de políticas sãs para descer o défice e a dívida pública para níveis sustentáveis vão ser fundamentais para atingir o crescimento sustentado e robusto e reduzir a pobreza”.

O FMI prevê um crescimento económico de 5% este ano e de 5,5% em 2018, segundo o mais recente relatório sobre a economia da África subsaariana, divulgado em outubro.

Fim/RN

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Seu nome