Figuras e Factos que marcaram o Ano-2017 de A à Z

0
526

 

 

Texto: Ricardo Neto   *****  Foto: Lourenço da Silva

São-Tomé, 26 Dez. (STP-Press) – O histórico discurso de Evaristo nas Nações Unidas, a memorável visita de Trovoada à China, a explosão e os efeitos da inédita queixa-crime saída do Supremo Tribunal de Silva, a irreversível recandidatura de Tozé no Príncipe do prémio ambiental, a anunciada nova Dobra, o anunciado adiantamento do relógio são-tomense, o adiamento das eleições, a confirmação dos jogos da CPLP e a “dobradinha” do campeão da Ubra de Angolares foram, dentre outros, factos que mais marcaram o ano 2017 em revista de A à Z pela Agência STP-Press.

A – Adiamento das eleições de 2017 para 2018, foi um dos factos que mais marcaram ano em termos de notícias, quando em Agosto de 2017, oPresidente da República, Evaristo Carvalho anunciou à Nação são-tomense, o adiamento das eleições legislativas, autárquicas e regionais para de 2018 por alegada falta de “condições económicas e financeiras” do País, deixando a grande expectativa deste exercício democrático da “caçar ao poder” para o ano-2018.

B – Banco Mundial, BM, também marcou o ano de 2017 em São-Tomé e Príncipe, quando esta instituição financeira mundial anunciou que irá quadruplicar ajuda financiar” ao arquipélago em cerca de 75 milhões de dólares, pelo “bom” desempenho macroeconómico do País nos últimos três anos a semelhança do Fundo Monetário Internacional, FMI que também anunciou a aprovação da terceira e quarta avaliação do empréstimo concedido a São Tomé e Príncipe, desembolsando 1,8 milhões de dólares e considerando que a política governamental “é apropriada”.

– China, em Abril de 2017, o presidente chinês Xi Jinping em pleno palácio de Pequim recebeu com honras militares o Primeiro-Ministro são-tomense Patrice Trovoada na memorável visita que resultou na assinatura do Acordo Geral de Cooperação sino/são-tomense, estimado em cerca de 140 milhões de dólares na sequência do reatamento de relações diplomáticas entre os dois Países.

D – Dobra, a moeda são-tomense, que em finais de Agosto de 2017, tornava-se público o plano de lançamento da nova família de Dobras a entrar em circulação já a partir de 1 de Janeiro de 2018 com novas notas e moedas de Dobras, com menos três zeros no âmbito da reforma monetária no arquipélago.

E– Evaristo Carvalho, que em Setembro de 2017, nas Nações Unidas, com o seu histórico discurso, pela primeira vez, na qualidade de Chefe de Estado, na Assembleia Geral da ONU, onde apontou o diálogo como a resolução para clima de tensões na Península Coreana, na Síria, Ucrânia, Palestina, República Centro Africana e Sara Ocidental, e sublinhando ainda aposta em negociações para situação na “irmã” Guiné-Bissau bem como a defesa as alterações climáticas no Mundo.

F– Fórum-Macau, que em Agosto de 2017 passou a contar com São-Tomé e Príncipe, pela primeira vez, como membro de pleno direito nesta instituição da República Popular da China destinada a cooperação com os Países de Língua Portuguesa, através de um fundo de investimento chinês estimado em cerca de 1.000 milhões de dólares.

G– General João Seria, em Maio de 2017, o conceituado cantor são-tomense, através do agrupamento musical África Negra, fez a promoção internacional da música são-tomense, num inesquecível périplo pela Europa, onde cantou e encantou o grande público europeu e são-tomense na diáspora a semelhança de Hailton Dias, em parceria com Vizinho e outros músicos, brilharam em Outubro no Festival Lusófono em Macau, China.

H– Hora são-tomense que vai estar mais adiantada a partir da madrugada de 01 de Janeiro de 1018 quando os relógios nacionais avançarem mais 60 minutos em São Tomé e Príncipe, ficando no mesmo fuso horário dos Países vizinhos da Africa Central numa medida que visa ainda a poupança de energia no arquipélago.

I – Isenção de vistos entre a São-Tomé e Príncipe e República Popular da China na sequência de umacordo de isenção recíproca de vistos em passaportes diplomáticos e de serviço assinado entre os dois Países aprovado em Novembro pelo Parlamento são-tomense.

J – Jogos juvenis da CPLP, pela primeira vez, na capital são-tomense, também marcaram o ano de 2017 e ainda vão marcar o 2018 entre os dias 17 e 22 de julho no capital são-tomense que espera acolher mais de 600 jovens lusófonos na disputa cinco modalidades desportivas, nomeadamente, futebol, basquetebol, atletismo, atletismo adaptado, andebol, voleibol e taekwondo.

K– Kosmos, a petrolífera norte-americana, a Kosmos Energy fixou o ano de 2019 como a data do início da perfuração de blocos de petróleo no mar são-tomense após a conclusão de pesquisas sísmicas efectuadas em quatro blocos de petróleo num investimento de mais 36 milhões de dólares.

L – Luís Paquete, o engenheiro geólogo são-tomense foi eleito em Novembro de 20017, no parlamento para exercer cargo do novo administrador do Gabinete de Registo e Informação Pública, GRIP, órgão fiscalizador das actividades petrolíferas.

M– Milho introduzido pelos técnicos chineses foi motivo de muita polémica no último semestre do ano 2017, tendo tudo chegado ao fim com as provas do CIAT,  a confirmarem que “ o milho chinês não é transgénico, mas sim híbrido e bom para o consumo humano e para ração”.

N– Nasa, aeronáutica norte-americana responsável, pela investigação espacial e científica mundial,visitou São Tomé e Príncipe, onde procedeu as acções de investigação científica e espacial.

O –  Ordem dos Advogados de São-Tomé e Príncipe marcaram o ano de 2017 quando decidiu em Outubro suspender todas as defesas oficiosas aos cidadãos mais desfavorecidos por alegada falta de contribuição do Estado são-tomense.

P– Papa, o Superintendente Domingos “Papa”, assumiu em Junho de 2017 as funções do Comandante Geral da Polícia Nacional de São-Tomé e Príncipe  em substituição da antiga chefia policial são-tomense guiada pelo ex-comandante Samuel António.

Q– Queixas-crimes por onda de corrupções marcaram o ano de 2017, quando tudo começou com a queixa movida pelo presidente do Supremo Tribunal de Justiça, Silva Cravid, contra o seu próprio assessor, envolvendo várias individualidades públicas do País, designadamente, deputados, juízes, empresários, antigos membros do governo, o que já levou o parlamento pela primeira vez na historia parlamentar do País a autorizar o deputado para ser ouvido como arguido neste processo judicial do caso Rosema que se junta ainda um outro caso judicial de alegada “esquema” na compra dos aviões da moçambicana LAM.

R– Região Autónoma do Príncipe ficou marcada com o anúncio da recandidatura do presidente, José Cassandra “Tozé” as próximas regionais da ilha do Príncipe que brilhou em 2017 ao receber o Prémio Internacional Aloe  sobre a reserva da biosfera bem como a brilhante organização em plena cidade do Stº António do IVº Congresso de Educação Ambiental da CPLP mais Galiza.

S– Startimes, a  empresa chinesa da TV digital que assinou em Setembro com o Governo são-tomense um acordo de cooperação técnica visando a modernização e digitalização da Televisão, TVS e Rádio Nacional bem como a introdução de “grandes melhorias” nas redes de telecomunicações em São Tomé e Príncipe.

T– Transformação da Rádio Nacional e da TVS em empresa pública na sequência do anúncio feito em Julho pelo ministro da comunicação Olinto Daio num projecto a ser financiado pela China e  Turquia visando reorganizar e capacitar a instituição face as exigência do mercado interno e internacional.

U – Udra de São João dos Angolares, marcou o ano 2017 no futebol são-tomense, ao conquistar a “dobradinha”, simultaneamente o campeonato e a taça nacional em futebol, resultante de uma brilhante organização montada pelo presidente António Monteiro sob orientação técnica do mister Adilson Varela com grandes jogadores como: Avô, Tavarinho, Ivonaldo, Dinho, Inesta, Gambo, Vando e companhia.

V– Valorização da mulher e da literatura são-tomense no primeiro Congresso das Mulheres de São-Tomé e Príncipe, em plenária que decidiu homenagear três são-tomenses, nomeadamente, a jornalista Conceição de Deus Lima, a bióloga Maria de Lurdes Vieigas e a jurista Gorett Xavier de Pina pela promoção internacional da literatura são-tomense.

W– Wang Wei, o diplomata chinês que em Junho de 2017 passou oficialmente a exercer as funções do novo embaixador da República  Popular da China em São-Tomé e Príncipe na sequência do reatamento de relações diplomáticas entre os dois Países.

X– Xadrez sã-tomense conquista, pela primeira vez na sua história um trofeu internacional de jogo ciência, quando a selecção nacional desta modalidade surpreendeu tudo e todos a conquistar o terceiro lugar no torneio internacional de xadrez da fundação Kasparov em Abidjan, Costa de Marfim.

– Yan –  a  moeda chinesa também conhecida por Renmonbi anunciada pelo primeiro-ministro Patrice Trovoada, no balanço da sua visita à China, em Abril de 2017, altura em que Trovoada anunciou que a China disponibilizou “Um bilhão de yan, que vale mais ou menos a 146 milhões de dólares, que são donativos para apoiar projectos de infraestruturas…” em  São-Tomé e Príncipe.

Z– Zelo, dedicação e humildade simbolizaram o espírito dos profissionais da Agência Noticiosa STP-Press que apesar de múltiplas dificuldades conseguiram mais uma vez cumprir um ano laborar e com promessa de lançar já em 2018 um novo e moderno Web-Site com novas aplicações digitais para melhor servir a sociedade são-tomense e o mundo.

Fim/RN

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Seu nome