Autoridades detiveram duas pessoas no Aeroporto tentando introduzir droga no país

0
826

 

São Tomé, 05 de Jan. 2018 (STP-Press) – Autoridades policiais são-tomenses neutralizaram, nas últimas horas, uma acção de introdução em São Tomé e Príncipe de dois kg de Cocaína, substância psicotrópica proibida no país, – anunciou, nas últimas horas, em São Tomé, o director-geral da Polícia de Investigação Criminal (PIC).

De acordo com Suleimany Tenjua, Director-geral da PIC, três pessoas, das quais, uma equatoriana vinda do Brasil, passando por Portugal foi detida, no Aeroporto Internacional de São Tomé e Príncipe, transportando nos seus órgãos digestivos e reprodutores cápsulas de cocaína.

Foi também detido um cidadão são-tomense que vinha no mesmo voo e de acordo com informações policiais tendo feito a mesma rota, transportando no estômago outra quantidade do mesmo produto.

O terceiro elemento detido é um cidadão nigeriano, que aguardava a encomenda no Aeroporto Internacional de São Tomé e Príncipe.

De acordo com Tenjua foram retirados do organismo dos dois indivíduos, cerca de 121 cápsulas de cocaína, correspondente a dois kg.

Disse ainda que os dois indivíduos já estavam devidamente sinalizados e identificados antes de chegarem a São Tomé e Príncipe, por polícias internacionais que colaboram com a PIC.

Tudo indica que a operação de detecção foi executada em São Tomé e Príncipe para permitir a identificação e detenção do recetor da mercadoria.

Devido ao fraco poder de compra dos são-tomenses, a polícia admite que os traficantes pretendiam fazer de São Tomé e Príncipe placa giratória, para introduzir tais drogas nos Camarões ou Gabão, dois Estados vizinhos de África Central.

Segundo Avelino Santos, um policial da PIC, a operação de detenção das três pessoas foi executada, no dia 30 de dezembro, aquando da chegada de um voo da TAP-Air Portugal vindo de Lisboa, com escala em Acra (Gana).

As duas pessoas já foram entregues as autoridades judiciais para determinação de medidas de coação.

Depois da detenção no Porto de São Tomé, em novembro de 2017, trata-se de segunda vez, que polícias de investigação desmantelam o plano de introdução da Droga no país.

Fim/MD/LM

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Seu nome