Por: Manuel Dendê, jornalista da Agência STP-Press

São Tomé, 19 jan. 2018 (STP-Press) – O ministro da Educação, Olinto Daio, presidiu quinta-feira, na localidade de Desejada, no distrito de Lobata, a cerimónia de lançamento das obras de reabilitação e ampliação da Escola Secundária de Desejada.

A Escola Secundária de Desejada dista pouco mais de 12 km da cidade de São Tomé, onda estudam mais de mil alunos nas 18 turmas, em dois períodos.

Além do piso zero, as obras ora lançadas vão comportar a construção de mais um piso, consubstanciando em várias salas de aulas, uma sala multiuso, um espaço polivalente com internet, e um parque desportivo com bancadas e casas de banho.

Segundo o ministro, a ideia é reabilitar e ampliar essa infraestrutura de modo que sirva de complemento ao novo Liceu de Lobata em construção, na localidade de Conde.

A reestruturação em curso, visa potenciar a escola com capacidade para acolher alunos de 12º ano, e por outro lado, evitar que o número excessivo de alunos prejudique a qualidade de ensino.

O acto oficial contou com a presença de algumas entidades do distrito, das quais, se destacam, o presidente do município de Lobata, Policarpo Freitas, o Director da escola, Martinique José e representante da Associação de pais.

A concretização das obras de reabilitação comportando salas de aulas satisfaz aos pais, que, antes da acção das autoridades políticas, haviam iniciado obras de reabilitação e ampliação deste estabelecimento de ensino, mediante a contribuição monetária associativa.

Depois de Água Grande, onde se localiza a capital do arquipélago são-tomense, e Mé-Zochi, Lobata tornou-se nos últimos anos, o terceiro distrito mais populoso de São Tomé e Príncipe.

Fim/MD

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome