Por: Jornalista Manuel Dênde da Agência STP-Press

 

São Tomé, 02 fev. 2018 (STP-Press) – Uma ONG anunciou, nas últimas horas, em São Tomé, um projecto que visa a tradução da Bíblia Sagrada em três línguas mais faladas no arquipélago de São Tomé e Príncipe.

 

A informação é revelada por Joaquim Salvador, da ONG “ABNN”, que falava, terça-feira à imprensa a saída de um encontro com o líder da Assembleia Nacional (Parlamento).

 

Na audiência entre estas duas personalidades, Salvador Afonso, igualmente Deputado do partido Acção Democrática Independente (ADI), no Poder em São Tomé e Príncipe disse que o encontro versou sobre a busca de financiamento para a tradução da Bíblia Sagrada em línguas Ngolá, Fôrro e Lunguié (da ilha do Príncipe).

 

Ngolá é falada nos extremos sul e norte da ilha de São Tomé, respectivamente, ao passo que Fôrro é o crioulo mais falado no arquipélago do equador.

 

Segundo ainda este responsável, além de José Diogo, a ABNN, tem igualmente agendado audiências com Patrice Trovoada, Primeiro-ministro e Evaristo de Carvalho, Chefe de Estado de São Tomé e Príncipe.

 

Fim/MD

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome