São-Tomé, 02 Fev. ( STP-Press) –  O pastor e  conferencista brasileiro, Luís Gonçalves da Igreja Adventista do 7º Dia do Brasil, foi esta tarde recebido em audiência, pelo primeiro-ministro são-tomense, a quem manifestou a vontade da Igreja de cooperar “nas áreas da educação, saúde e família”.

Tendo declarado que “a Igreja Adventista do 7º Dia é uma parceira do governo” são-tomense, o pastor da Divisão Sul Americana sublinhou que “ nós (Igreja) podemos ajudar de maneira voluntária nas áreas da educação, saúde, família e também na vida espiritual”.

O pastor conferencista brasileiro disse ainda que “nós apresentamos ao senhor Primeiro Ministro esta mensagem de integração entre a Igreja Adventista de 7º Dia e a sua visão administrativa”, numa prespectiva do reforço de amizade e de cooperação entre as duas partes.

( Pode ouvir pastor brasileiro )

O pastor brasileiro fez referência que há mais de vinte anos que a Igreja Adventista do 7º Dia tem cooperado com o Estado são-tomense, através da ONG “ADRA” nas esferas sociais bem como por “ASA” em apoio aos “mais necessitados”.

Ao convite da sua congénere são-tomense, o pastor Luís Gonçalves tem agendado duas grandes conferências bíblicas no estádio nacional 12 de julho, nos arredores da capital de São-Tomé.

Fim/RN

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome