Por : Arcângelo Dendê, jornalista da Agência Noticiosa STP-Press

 

São-Tomé, 12 Fev. ( STP-Press ) – O jovem Calisto Nascimento foi eleito novo presidente do Conselho Nacional de Juventude são-tomense, CNJ, prometendo pautar pela integração de todos os jovens do país e os da diáspora, visando uma participação activa naquilo que são as decisões do Conselho, Soube-se hoje de fonte oficial.

 

Eleito com 22 votos a favor para um mandato de três anos, Calisto Nascimento derrotou os outros dois concorrentes, nomeadamente, Mardigina Pinto que conseguiu 20 votos, e Efigénio Borges que obteve 8 votos.

 

Nascimento, na circunstância da sua eleição ao mais alto cargo juvenil são-tomense, depois de duas tentativas falhadas, assegurou que a juventude do arquipélago conseguiu demonstrar nessa Assembleia que “estamos preparados para o diálogo, coesão e dar continuidade àquilo que são as nossas aspirações”.

 

O novo presidente do CNJ, que congratulou-se com o acto, considerou importante trabalhar com a Direcção cessante, para apoderar-se daquilo que considera útil e corrigir as falhas “para não cometermos os mesmos erros”.

 

A eleição do novo presidente, seguido de passagem de pasta pelo presidente cessante, Wildiley Barrocas, teve lugar este fim-de-semana, no Palácio dos Pioneiros, quinta de Santo António, nos arredores da capital são-tomense, e contou com a participação de 50 delegados das 60 associações juvenis inscritas, números que de acordo com Nascimento deveu-se a nove ausências e uma desistência.

 

Fim/AD

( Pode ouvir registo áudio da Agência STP-Press )

Excerto das declarações do novo Presidente da CNJ

2 COMENTÁRIOS

  1. Os desafios de que se impõe a nós juventude e cidadãos São Tomense, requer mudanças comportamentais, no modo de ser estar, de pensar.

    Por sermos talvez jovens por vezes temos aspirações expectativas que nos cegam, para a tomada da consciência da realidade e desafios que nos rodeiam e afetam, no seio território/população/administração e continente de que estamos inseridos, quer a nível social, cultural, ambiental, desportivos, políticos, econômicos e financeiros.

    Hoje nos confrontamos com problemas de alcoolismo, drogas, gravides precoces na adolescência, famílias desestruturadas, a questão do emprego e rendimento, a questão de acesso a educação, formação, qualificação de excelência, formação técnica, exclusão social, os desafios da juventude feminina as suas plenas potencialidades para ajudar alavancar a sociedade, a questão de integração e participação política ativa, a organização associativa, a questão de acesso as novas tecnologias e informação comunicação, a questão do empreendedorismo, o conciliar da experiência dos idosos para conhecimento integração estruturação futura plena etc, etc…aliada a herança geográfica natural que nos caracteriza enquanto País, pequeno, com dupla insularidade isolamento, com limitados recursos naturais, a dependência econômica financeira externa, a questões de alterações climáticas, as questão ambientais nos impõe debates discussões consensos e coesões, para objetivos claros daquilo de que podemos devemos contribuir para a transformação progresso da nossa sociedade hoje e agora, pois que o futuro está nas nossas mãos.

    E jamais pensar somente no Conselho Nacional da Juventude como tranpolin para cargo políticos, ou interesses pessoal.

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tome e Príncipe

    És SãoTomense acredita em ti, és capaz, organiza-te, trabalha, produz, faz algo útil.

  2. Passando pelas questões da saúde, doação de sangue para salvar vidas, saúde reprodutiva, planeamento familiar, doenças sexualmente transmissíveis, tabagismo, a criminalidade jovem, o terrorismo internacional, a questões do conceito de paz na nossa sociedade, porquanto jamais se insere somente na ausência de guerra e conflitos, mas toda problemática que afeta o desenrolar da vida nas nossas comunidades.

    Temos que estar cientes de que a nossa sociedade é composta essencialmente por população jovem, o que nos impõe desafios enormes a vencer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome