OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Por: Ricardo Neto com colaboração de Neisy Sacramento

São Tomé, 13 Fev (STP-Press) – As autoridades são-tomenses oficializaram o lançamento de um plano estratégico nacional com vista a combater a pesca ilegal no mar de São-Tomé e Príncipe, – anunciou segunda-feira o director geral das Pescas, João Pessoa.

Este responsável do sector das Pescas são-tomense anunciou a elaboração de uma serie de documentações jurídicas com assistência técnica de Fundo das Nações unidas para Agricultura e Alimenta (FAO), envolvendo vários ministérios do País bem como a cooperação estrangeira.

“ O aspecto importante tem a ver com as infraestruturas para controlar os navios que fazem esta prática” ilícita no mar são tomense disse tendo acrescentado que “ é necessário que nós tenhamos um porto acostável aos navios” para permitir uma melhor e rigorosa fiscalização.

Além da direcção das pescas, este plano estratégico envolve o ministério público, a capitania dos portos, ENPORT bem como a polícia de investigação criminal, serviços de migração e fronteira, guarda-costeira e outras instituições afins.

Tendo citado a transversalidade do plano, este responsável destacou ainda o papel relevância da cooperação militar portuguesa através da colocação de um navio patrulha que já se encontra a fiscalizar e controlar as águas marítimas do arquipélago.

A patrulha do navio de guerra de Portugal é extensiva à zona do globo com maior papel no comércio internacional, onde se concentra uma percentagem considerável da produção de petróleo e de hidrocarbonetos, revelando a necessidade de uma maior rigor de proteção.

Fim/RN & NS

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome