Texto: Ricardo Neto & InterMamata ** Foto: IntreMamata

São-Tomé, 04 Mar ( STP-Press) – O Banco Internacional de São Tomé e Príncipe, BISTP comemorou sábado 25 anos de existência, tendo sido considerado “um intermediador financeiro e gerador de riquezas” no arquipélago, tal como afirmou o ministro das Finanças, Américo Ramos que descerrou a placa da “Boda de Prata” em conjunto com o presidente desta instituição financeira, Armindo Espirito Santo.

Criado em 3 de Março de 1993, o Banco Internacional de São Tomé Príncipe,BISTP, “é intermediador financeiro e gerador de riquezas neste arquipélago” disse o ministro das Finanças, Comércio e da Economia Azul, Américo Ramos, tendo sublinhado ainda tratar-se de “ um parceiro privilegiado e facilitador das trocas comerciais” no arquipélago.

Com capital social distribuído pelo Estado Santomense, Caixa Geral de Depósitos de Portugal e pelo Banco Angolano de Investimentos, o BISTP com pouco mais de 60.000 clientes, conta actualmente com 12 Agências, 4 Áreas Automáticas autónomas e 24 ATM’s em todo território são-tomense de acordo com o historial dos 25 anos feito durante a cerimónia pelo presidente da Comissão Executiva, Miguel Malheiro Reymão.

O BISTP faz uma cobertura integral de todo o território nacional, estando fisicamente presente em todas as capitais distritais, quer seja através de Agências, quer seja através de Áreas automáticas, com realce para a filial na Região Autónoma do Príncipe” – disse Miguel Reymão, tendo citado a existência ainda de duas mediatecas, designadamente uma São-Tomé outra no Príncipe.

O nosso Banco ocupa uma incontestável e destacada posição de líder de mercado santomense em todas as frentes” acrescentou, Miguel Reymão que apontou o “rigor e o profissionalismo” como a base do sucesso.

Fim/RN e IM

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome