Por: Ricardo Neto com colaboração de Josimar Afonso

São-Tomé, 7 Marc – (STP-Press) – O Banco Mundial vai disponibilizar dez milhões de dólares para financiar projectos sociais em São-Tomé e Príncipe, visando, sobretudo, a redução das desigualdades sociais e combater a pobreza no arquipélago, nos próximos 5 anos, anunciou hoje um dos responsáveis desta instituição financeira mundial em São-Tomé.

Éric Sapatéro fez esta revelação esta manhã, num “Workshop” cuja cerimónia de abertura foi presidida pelo ministro são-tomense do Emprego e Assuntos Sociais, Emílio Lima que em nome do governo agradeceu esta disponibilizada financeira anunciada pelo Banco Mundial.

Na sua intervenção, o ministro Emílio Lima disse que “ o crescimento económico só por si não tem sido suficiente para nós (governo) reduzirmos a pobreza incluindo todos no bem-estar que desejamos”, para depois destacar a importância desta intervenção do Banco mundial para a satisfação das necessidades, sobretudo, dos mais vulnerais.

A serem executados pelo ministério do Emprego e Assuntos Sociais através da direcção da Proteção Social e Solidariedade, Éric Sapatéro assegurado que “um pacote de cinco milhões de dólares será destinado ao sector da habitação social e os outros cinco irão suportar os cursos profissionalizantes”,  dentre outras acções projectadas.

Estima-se que projecto irá beneficiar mais de 2.500 famílias são-tomenses incluindo o reforço ao ministério do Emprego e Assuntos Sociais através equipamentos e capacitação de quadros bem como apoio aos mais necessitados e acções de acompanhamento.

Fim/RN & JA

#Pode ouvir Registo Áudio da STP-Press#

Declarações de : Ministro Emílio Lima e o Responsável do Banco Mundial

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome