São-Tomé, 06 Jun ( STP-Press) –  A cidade São Tomé poderá vir se juntar a Luanda, Angola e a Sal de Cabo-Verde  numa “conectividade” de circulação regional através de um linha área entre os três Países – anunciou o primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva que iniciou terça-feira uma visita oficial a São Tomé Príncipe.

“Estamos a trabalhar para reativar a linha área Luanda( Angola) Sal ( Cabo-Verde) com possibilidade de integrar São Tomé …nesta conectividade por transporte aéreo que é uma necessidade evidente” – disse Correia e Silva logo a chegada ao aeroporto São-Tomé, onde foi recebido pelo seu homologo são-tomense, Patrice Trovoada.

Tendo defendido que Cabo-Verde e São Tomé e Príncipe devem reforçar a cooperação económica, o primeiro-ministro cabo-verdiano sublinhou que “podemos trabalhar muito mais na economia” através de um novo programa quadro de relação para a redefinir-se entre ambas as partes.

“Vamos conversar em pormenores para definirmos um bom quadro de cooperação para futuro”- disse para depois acrescentar que a sua visita de cinco dias visa essencialmente “reforçar o laço de cooperação e amizade” entre os dois Países.

Falou ainda da necessidade mobilidade a nível da CPLP, tendo-se referido abertura para vertente económica, ciências e tecnologia, dentre outras áreas a serem exploradas entre os Estados membros desta comunidade lusófono.

Além de encontro esta quarta-feira com Primeiro-Ministro, Patrice Trovoada, Ulisses Correia e Silva, terá ainda audiências com o Presidente da República, Evaristo Carvalho e o Presidente do Parlamento, José da Graça Diogo bem como uma deslocação sexta-feira a ilha do Príncipe, onde será recebido pelo presidente do governo regional, José Cardoso Cassandra.

Fim/RN

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome