Por: Ricardo Neto, jornalista da Agência STP-Press

São-Tomé, 21 Jun ( STP-Press) – Os preços dos combustíveis foram reajustados em São-Tomé e Príncipe com subida de gasolina, gasóleo e petróleo, tendo o governo anunciado medidas para “atenuar” os impactos da decisão justificada com aumento desses  produtos no mercado internacional – anunciou quarta-feira o ministro das Finanças.

Américo Ramos disse que um litro de gasóleo que custava 21 Ndbs passa a custar 24 Ndbs (cerca de 1 Euro), a gasolina saiu de 25 Ndbs para 29 enquanto o petróleo subiu de 12 para 14 Ndbs.

O governante explicou que este novo reajuste de preço de combustíveis deve-se ao aumento desses produtos no mercado internacional tendo sublinhado que “não se trata uma situação particular e isolada” de São Tomé e Príncipe.

“ Neste momento há uma subida de preço de petróleo no mercado internacional que a Enco e os seus acionistas não podem suportar” disse tendo sublinhado que “ se em janeiro deste ano, o preço de petróleo situava um pouco acima de 66 dólares por barril neste momento já ultrapassou os 80 ”

A Enco é a empresa fornecedora e distribuidora de combustíveis em São Tomé e Príncipe através da Sonangol de Angola.

Dentre as medidas para “atenuar” o impacto face ao aumento de preços, o ministro anunciou a redução de gastos na administração público com corte de benefício e regalia sem qualquer justificação bem como venda de viatura do Estado não afecta aos titulares dos órgãos da soberania ou ao serviço de absoluta utilidade pública.

Fim/RN

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome