Por: Josimar Afonso em colaboração especial à Agência STP-Press

São-Tomé, 22 de Jun ( STP-Press ) – São Tomé e Príncipe e Portugal assinaram dois acordos de cooperação para os sectores do emprego e formação profissional avaliados em cinco milhões de Euros em cerimónia testemunhada quinta-feira pelo ministro são-tomense do Emprego e Assuntos sociais, Emílio Lima e pelo embaixador português, Luís Gaspar da Silva.

Os dois documentos inserem-se ao Programa de Cooperação bilateral entre os dois ministérios em consonância com o acordo de parceria para administração e gestão do Centro de Formação Profissional de São Tomé e Príncipe, localizado na capital são-tomense.

“Para que os jovens possam estar integrados no mercado é necessário que tenham ferramentas que possa responder a grande competitividade que temos hoje no mundo global”, disse o ministro Emílio Lima, tendo destacado que “ Temos uma grande potencialidade que são os jovens que constituem mais de 50 % da nossa população”.

Para o embaixador português “ a política do emprego e formação profissional” são factores “essenciais” para o desenvolvimento de São-Tomé e Príncipe tendo considerado os acordos “absolutamente cruciais” de apoio social aos mais “vulnerais”, designadamente, idosos, crianças, jovens e portadores de deficiências.

Com o período de validade de 2016 à 2020, o programa de cooperação bilateral entre os dois ministérios está orçado em mais de cinco milhões de euros, sendo que 75% é assegurado pelo Estado português e 25% pelo Estado Santomense.

Os documentos foram assinados pelos directores de Gabinete de Planeamento dos dois Ministérios e serão homologados pelos ministros da tutela em Agosto próximo, prevendo-se para o efeito a vinda do ministro português de Trabalho, Solidariedade e Segurança Social a capital são-tomense.

Fim/JA e RN

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome