Texto: Ricardo Neto ** Foto: InterMamata

São-Tomé, 27 Jun ( STP-Press ) –  Dois partidos são-tomenses com representação parlamentar, designadamente, PCD e a UDD manifestaram-se hoje consensuais com a data de 07 de Outubro de 2018 para a realização das eleições legislativas, autárquicas e regional no País, em declarações esta manhã após audiências com Presidente da República.

“ A nossa posição é que as eleições sejam realizadas no dia 07 de Outubro próximo” – disse Arlindo Carvalho, o presidente do Partido da Convergência Democrática, PCD a saída do encontro com o Presidente da República, Evaristo Carvalho no âmbito de auscultações para marcação da data das eleições.

“ Nós acordamos que a data ideal seria 07 de Outubro e coincide com aquilo que Presidente da República também pensa”– sublinhou Manuel Diogo, o presidente da União dos Democratas para Cidadania e Desenvolvimento, UDD, no final da audiência com o Chefe de Estado são-tomense, que goza da prerrogativa constitucional de marcação das datas das eleições em consonância com a lei eleitoral.

O consenso do PCD e UDD junta-se ao do ADI e MLSTP-PSD, os dois principais partidos são-tomenses, que há pouco menos de 24 horas, também foram unânimes para se realizar as eleições no dia 07 de Outubro depois de auscultados terça-feira pelo Presidente da República.

Fontes presidências disseram a STP-Press que os partidos extraparlamentares serão auscultados quinta-feira pelo Presidente da República que já recebeu em audiência o Presidente da Comissão Eleitoral Nacional, Alberto Pereira no âmbitos das auscultações para a marcação da data dos referidos pleitos eleitorais.

Nas últimas eleições legislativas de 12 de Outubro de 2014, o partido ADI de Patrice Trovoada, actual Primeiro-Ministro ganhou com a maioria absoluta de 33 dos 55 deputados do parlamento são-tomense seguido do MLSTP-PSD com 16 assentos, PCD com 5 e UDD com apenas 1 deputado.

Fim/RN

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome