Por: Ricardo Neto, Jornalista da Agência STP-Press

São-Tomé, 29 Jun ( STP-Press ) –  Partidos extraparlamentares de São Tomé e Príncipe, designadamente, CÓDÓ, FDC,MS, MDFM-PL,PTS e UNDP  concordaram  com a data de 07 de Outubro de 2018 para a realização das eleições legislativas, autárquicas e regional no País, em declarações quinta-feira no final de audiências com Presidente da República.

“ Demos o nosso aval para que as eleições sejam no dia 07 de Outubro de 2018” – disse Neves e Silva, da Coligação Democrática de São-Tomé e Príncipe / Partido CÓDÓ, a saída do encontro com o Presidente da República, Evaristo Carvalho no âmbito de auscultações para marcação da data das eleições.

“ A Frente concorda com a data de 07 de Outubro para a realização das próximas eleições” – sublinhou Valdemiro Correia, representante da Frente Democrática Cristã,FDC, no final da audiência com o Chefe de Estado são-tomense, que goza da prerrogativa constitucional de marcação das datas das eleições em consonância com a lei eleitoral.

“ 07 de Outubro de 2018 é uma data de consenso” – disse  Gilberto Gil Umbelina líder máximo do Movimento Socialista, MS,  a semelhança de outros representantes das forças extraparlamentares são-tomenses.

O consenso quanto da data foi também manifestado por Eugénio Graça em representação do Movimento Democrático Força da Mudança – Partido Liberal, MDFM-PL, por Anacleto Rolim do Partido Trabalhista São-Tomense, PTS e por Paixão Lima líder da União Nacional para Democracia e Progresso, UNDP.

A unanimidade manifestada por estas forças sem assento no parlamento junta-se ao consenso já manifestado pelos partidos parlamentares, nomeadamente, o ADI, MLSTP-PSD, PCD e UDD ao concordarem também com a data de 07 de Outubro próximo para a realização das eleições no País.

Além de partidos políticos, o Chefe do Estado são-tomense recebeu também em audiência o Presidente da Comissão Eleitoral Nacional, Alberto Pereira que lhe garantiu a existência de condições para a realização das próximas eleições de acordo com o calendário eleitoral, no âmbito das auscultações para a marcação da data dos referidos pleitos eleitorais.

Nas últimas eleições legislativas de 12 de Outubro de 2014, o partido ADI de Patrice Trovoada, actual Primeiro-Ministro ganhou com a maioria absoluta de 33 dos 55 deputados do parlamento são-tomense seguido do MLSTP-PSD com 16 assentos, PCD com 5 e UDD com apenas 1 deputado.

Fim/RN

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome