Por: Ricardo Neto, jornalista da Agência Noticiosa, STP-Press

São Tomé, 03 Jul ( STP-Press ) – A empresa Sinohydro da China  iniciou em São Tomé e Príncipe um programa de formação profissional para jovens são-tomenses numa parceria com o governo no âmbito do programa de  capacitação e requalificação de recursos humanos com vista ao desenvolvimento sustentável.

O projecto foi oficializado na manhã de segunda-feira em São-Tomé pelo representante da Sinohydro, o chinês Cao Yiangbing, em cerimónia testemunhada pelo ministro são-tomense do Emprego e Assuntos Sociais, Emílio Lima e pelo embaixador da China Wang Wei.

Com duração de aproximadamente três a quatro meses, segundo, representante da Sinohydro, as formações versar-se-ão sobre conteúdos ligados a engenharia, construção civil e transporte de forma faseada para uma vastidão de 200 jovens que terão ainda a possibilidade de se ingressarem na empresa.

Tendo exortado aos jovens para a “aproveitarem da melhor forma a oportunidade” dada pela empresa chinesa, o ministro Emílio Lima anunciou total apoio do seu ministério a esta iniciativa da Sinohydro.

“Nós do ministério do Emprego e Assuntos Sociais iremos continuar a colaborar com a empresa no sentido de ajudá-la a cumprir todas as normas que garantam o normal funcionamento da mesma”- disse o ministro

O embaixador da China, Wang Wei na sua intervenção destacou a relevância do projecto no “aperfeiçoamento das capacidades profissionais” tendo sublinhado que a iniciativa tem como pano de fundo o “desenvolvimento socioeconómico” de São Tomé e Príncipe no âmbito da cooperação bilateral.

Além da energia e construção civil, a Sinohydro da China, opera ainda nos domínios, de consultoria de projectos, financiamento, pesquisa, transporte, minério imobiliário, dentre outros.

Fim/RN

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome