Texto: Ricardo Neto & Josimar Afonso Foto: Lourenço da Silva

São-Tomé, 24 Jul ( STP-Press) – O ministro são-tomense do Emprego e Assuntos Sociais, Emílio Lima presidiu hoje a abertura de um encontro entre quadros do seu ministério e peritos da OIT com apoio das Nações Unidas,  visando a criação de um programa de “promoção de emprego produtivo para todos”, com vista a “promover o progresso socioeconómico da população são-tomense”.

De acordo com o ministro o encontro de três dias visa sobretudo, a validação do novo programa para o período 2018-2012 com objectivo de promover “emprego produtivos para todos em particular para jovem e mulher” visando, “ o progresso socioeconómico da população são-tomense”.

Além da “implementação de pisos de proteção social para prevenir e reduzir a pobreza”, o governante são-tomense sublinhou que o programa visa ainda “ o reforço da aplicação dos programas de transferências de direções de proteção social e de solidariedade”

Tendo citado a criação de um sistema nacional de cobertura universal de saúde bem como a melhoria das ofertas de prestações de segurança social no País, o ministro Emílio Lima acrescentou que o programa tem ainda como pano de fundo “ a operalização de mecanismo de gestão de conflito e de negociação colectiva”.

Na sua intervenção o Presidente da Câmara do Comércio, Indústria, Agricultura e Serviços, Jorge Correia, mostrou-se satisfeito com a iniciativa tendo exortado ao governo para um maior apoio às empresas, sobretudo em matéria de créditos bem como formação dos seus recursos humanos face as actuais exigências e concorrência do mercado.

Tendo destacado relevância do programa para os sectores económicos e sociais do País, a coordenadora residente das Nações Unidas, Zaira Virany, disse que o mesmo se enquadra nas prioridades da Agenda de Transformação de São Tomé e Príncipe, aguardando para breve a assinatura oficial do documento.

Fim/ RN e JS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome