São-Tomé, 30  Jul. ( STP-Press) – O primeiro-ministro são-tomense, Patrice Trovoada, deslocou-se domingo a Lomé, Togo, onde participa hoje, segunda-feira na primeira cimeira conjunta dos Chefes de Estado e de Governo das comunidades Económica de Desenvolvimento da África Ocidental (CEDEAO) e dos Estados da África Central (CEEAC).

Momentos antes da partida, Patrice Trovoada disse a imprensa que a cimeira prende-se essencialmente com “as questões de segurança marítima e de luta contra o terrorismo” e outros assuntos “comuns” afectos as duas organizações desta sub-região africana.

O Chefe do governo de São Tomé e Príncipe junta-se assim a outros os Chefes de Estado e de Governo da Comunidade Económicas dos Estados da África Central (CEEAC) e da congénere da África Ocidental (CEDEAO) no quadro preparatório para o reforço da cooperação sobre paz, segurança e estabilidade nestas duas sub-regiões africanas.

Na cimeira de Lomé, a CEEAC e CEDEAO pretendem lançar as bases para uma actuação concertada perante os desafios comuns bem como a forma conjunta, visando a criação de uma plataforma permanente para a troca de informações.

No quadro do pretendido entendimento, a CEEAC e a CEDEAO propõem-se a identificar formas de melhorar as condições sociais das populações e encontrar soluções duradouras para garantir à protecção e assistência às afectadas por conflitos políticos, catástrofes humanitárias, sociais e ambientais.

A CEEAC foi criada em Libreville, Gabão, em Outubro de 1983, e agrega uma população estimada em 130 milhões de habitantes. O Presidente da República do Gabão, Ali Bongo Ondimba, é o presidente em exercício da CEEAC.

A comunidade é composta por Angola, Camarões, Burundi, Chade, Gabão, Guiné-Equatorial, repúblicas Centro Africana, Democrática do Congo (RDC), do Congo, Ruanda e São Tomé e Príncipe.

A CEDEAO foi criada em 1975, tem a sede em Abuja, Nigéria. O Chefe de Estado do Togo, Faure Essozimna Gnassingbé, assume a presidência rotativa.

Integram a CEDEAO, o Benim, Burkina Faso, Cabo Verde, Costa do Marfim, Gâmbia, Gana, Guiné Bissau, Guiné Conacri, Libéria, Mali, Níger, Nigéria, Senegal, Serra Leoa e Togo, com uma população estimada em 350 milhões de habitantes.

Fim/RN

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome