São-Tomé, 19 Ags ( STP-Press ) O Representante Especial das Nações Unidas para  África Central, François Fall condenou sexta-feira a tentativa de subversão constitucional em São Tomé e Príncipe e apelou a paz e transparência nas eleições de 07 de outubro no arquipélago.

O Representante Especial do secretário-geral da ONU para a África Central, François Fall fez estas declarações depois de encontros em separado com o Presidente da República, Evaristo Carvalho, Presidente da Assembleia Nacional, José Diogo, Primeiro-Ministro, Patrice Trovoada, representantes dos partidos políticos, dentre outras entidades.

“ As Nações Unidas se opõem a todas as formas de violência para se ascender ao poder através das armas” –disse o representantes das Nações Unidas face a um alegado acto de tentativa de destabilização das instituições democráticas denunciado a 3 de Agosto no País.

“ É preciso ganhar as eleições nas urnas e não através das armas” – disse o Representante Especial do secretário-geral da ONU para Africa Centra, tendo acrescentado que “ apenas as urnas podem definir o futuro do País”.

«Apelamos a todas as forças políticas deste país para que as eleições que terão lugar no dia 07 de outubro se desenrolem nas condições da paz, estabilidade, transparência e de credibilidade», acrescentou disse François Fall.

Para que as eleições se realizem em respeito aos padrões da credibilidade internacional, o representante especial garantiu que as Nações Unidas «estão determinadas a dar todo o apoio necessário» a São Tomé e Príncipe para organização do escrutínio.

Fim/RN

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome