Por: Ricardo Neto, Jornalista da Agência de Notícias STP-Press

São-Tomé, 09 Out (STP-Press) – O partido ADI, vencedor das legislativas de domingo, admite a possibilidade de continuar no poder apesar de ter ganho com a maioria simples de 25 dos 55 deputados do parlamento são-tomense, declarou hoje o seu líder, Patrice Trovoada.

“ O ADI perdeu a maioria absoluta e por conseguinte nestas eleições de domingo foi um mau resultado” disse Patrice Trovoada, segunda-feira reagindo aos resultados, para depois sublinhar que “ tudo está em aberto a possibilidade do ADI continuar a governar”.

Hoje numa declaração a imprensa, Patrice Trovoada decidiu recordar que o País já conheceu vários governos sustentados na base de maioria simples a semelhança do actual cenário resultante das eleições legislativas de domingo.

“ Quero lembrar a todos que durante o nosso processo democrático, nós já tivemos varias formas de governo” disse para depois acrescentar que “em 2006 o PCD e MDFM governaram durante dois anos com uma minoria parlamentar de 23 deputados”- sustentou Trovoada

Tendo ainda recordado que “ em 2010, ADI também governou durante dois anos com um governo minoritário de 26 deputados”- disse Trovoada tendo acrescentado que “tudo isto aconteceu num clima de diálogo”.

Ao conquistar 25 assentos parlamentares nas legislativas de domingo como o partido mais votado, o ADI pretende ainda adicionar mais dois deputados conquistados pelo Movimento de Cidadãos Independentes na base de um acordo de incidência parlamentar.

Nas legislativas de domingo, ADI foi o partido mais votado com uma maioria simples de 25, seguido do MLSTP-PSD, com 23, a coligação PCD-MDFM-UDD com 5 e Movimento cidadãos com 2 assentos de acordo com os dados provisórios divulgados pela Comissão Eleitoral Nacional, CEN.

Nas legislativas de 2014, o ADI de Trovoada venceu com uma maioria absoluta de 33 deputados seguido do MLSTP-PSD com 16 lugares, o PCD com 5 e a UDD com apenas um assento.

Fim/RN

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome