Por: Ricardo Neto, jornalista da Agência de Notícias STP-Press

São-Tomé, 26 Out ( STP-Press) –  ADI, partido vencedor das eleições legislativas são-tomenses de 07 de Outubro diz esperar que o MLSTP-PSD e outras forças de oposição atendam ao convite para formação do próximo governo, – disse quinta-feira o porta-voz, Abnildo d’Oliveira, no final da primeira ronda de auscultação em busca do consenso.

“ Esperamos que o MLSTP e outros [partidos] atendam ao nosso convite” disse o porta-voz do ADI face a solicitação formuladas aos partidos da oposição para a formação do próximo governo na sequência das eleições legislativas, nas quais, ADI venceu com a maioria simples de 25 dos 55 deputados do parlamento, seguido do MLSTP-PSD com 23, a coligação PCD-MDFM-UDD com 5 e o Movimento Cidadão Independentes com 2.

“Quer o ADI, quer o MLSTP e outros partidos da oposição são todos são-tomenses e partindo deste pressuposto, todos nós queremos bem para o País, e é possível nós nos entendermos, sim ”-disse d’Oliveira, tendo sustentado que “ os homens do Estado devem-se entender entre eles.

“ ADI fará tudo que estiver ao seu alcance para formarmos um governo estável, para que haja paz social” – declarou Abnildo d’Oliveira, no final de encontros, com a representante das Nações Unidas, embaixadores de Portugal e de Angola e a cônsul de Cabo-Verde na primeira ronda de auscultação em busca de consenso para a formação do governo.

“ Fazer entender a comunidade internacional que da parte do ADI, nós estamos interessados a criarmos entendimento para a criação de uma base solida e de estabilidade política e social” – disse Oliveira explicando a razão de auscultação ao corpo diplomático acreditado no País face a intenção do partido em formar um governo estável no País.

Da nossa parte saímos satisfeitos aqui com a representante das Nações Unidas residente que mostrou toda a abertura para poder facilitar também se for o caso o dialogo entre as partes” disse Oliveira no final do encontro com a delegada da ONU no arquipélago.

Questionado sobre eventual desistência de Patrice Trovoada para o cargo de Primeiro-Ministro, o porta-voz do partido respondeu que “ Patrice Trovoada que é presidente do partido disse que se for ele o problema está então disponível a afasta-se …”, tendo depois argumentado que “ a questão dos são-tomenses deve ser resolvida entre os são-tomenses”.

Tendo iniciado encontros com corpo diplomático, ADI auscultam ainda esta semana a sociedade civil organizada e as igrejas tendo agendado para próxima semana o frente a frente com os partidos políticos com e sem assento parlamentar.

Fim/RN

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome