ADI propõe Álvaro Santiago para chefiar o próximo governo constitucional

0
135

Texto: Neisy Sacramento e Ricardo Neto ** Foto: Lourenço da Silva

São-Tomé, 29 Nov. ( STP-Press) –  O partido ADI, vencedor das eleições legislativas são-tomenses de 07 de Outubro, decidiu indicar o deputado Álvaro Santiago para chefiar o próximo governo do arquipélago, Soube hoje a STP-Press de fonte partidária.

De acordo com a fonte, o nome de João Álvaro Santiago foi escolhido por consenso, esta terça-feira, numa reunião da comissão política da ADI, presidida pelo secretário-geral do partido, Levy Nazaré.

O deputado ADI, Álvaro Santiago que integra a comissão política do partido, foi ministro da Educação em governos anteriores, tendo exercido também as funções de vice-governador do Banco Central de São Tomé e Príncipe.

A decisão do ADI surge depois de Olinto Daio, ministro da Educação, Cultura, Ciências e Comunicação ter recusado o convite para chefiar um eventual próximo executivo alegando falta de condições para o efeito.

Depois de ter ouvido sexta-feira os partidos parlamentares, o Presidente da República, Evaristo Carvalho lhes teria admitido a hipótese de ainda ao longo desta semana decidir sobre quem designaria para o próximo primeiro-ministro, sem revelar de que partido.

Nas eleições de 07 de Outubro,  ADI venceu  com maioria simples — 25 em 55 deputados do parlamento MLSTP-PSD com 23 mandatos coligação PCD-MDFM-UDD com 5 e Movimento Cidadãos com 2 deputados.

Na base de um acordo incidência parlamentar, o MLSTP-PSD e a Coligação garantem uma maioria absoluta de 28 deputados, tendo por isso, assegurado que em caso de se formar um governo minoritário do ADI, seria naturalmente chumbado no parlamento por esta nova maioria.

Fim/NS e RN

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome