Texto: Cristiano Dondo e Ricardo Neto *** Foto: Cristiano Dondo

São-Tomé, 11 Nov. ( STP-Press ) –   A ministra são-tomense da Justiça, Administração Pública e Direitos Humanos, Ivete Lima Correia visitou segunda-feira as instalações de Serviços Prisionais  e de Reinserção  Social, tendo anunciado que o governo irá “aperfeiçoar e intensificar” o programa de formação profissional e capacitação dos reclusos de forma a possibilitá-los no processo de reintegração social, após o cumprimento da pena.

Tendo manifestado “bastante preocupação” pelo facto da maioria dos reclusos serem jovens com idade compreendida entre 18 à 35 anos, a governante sublinhou que “ nós [governo] iremos aperfeiçoar, intensificar o programa de reinserção social, formar os reclusos e possibilitá-los de forma que após o cumprimento da pena terão a possibilidade de reintegrar na sociedade”.

Além do alargamento de “aulas de alfabetização já existentes” até ao 9º ano de escolaridade, Ivete Lima disse ainda que a intensificação e o aperfeiçoamento do programa passa também pela formação e capacitação dos reclusos nas áreas de “carpintaria, marcenaria, serralharia, informática”, dentre outras formações profissionais.

Tendo anunciado uma política para a melhoria de condições sanitárias nas instalações prisionais do País, a governante falou ainda do melhoramento da “dieta alimentar” dos reclusos sobretudo, através de aposta em produtos originários da agricultura são-tomense.

Com objectivo de fazer uma radiografia das instituições que dirige e colher subsídios para o programa do seu governo e do respectivo orçamento do Estado-2019, a ministra visitou também a sede da Policia Judiciária, PJ São-tomense.

Fim/CD,RN

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome