Texto: Ricardo Neto ** Foto: Afonso Amaral “InterMamata”

São-Tomé, 15 Dez. (STP-Press) – A Udra de Angolares de São Tomé sagrou-se campeã do futebol são-tomense da 1ª divisão ao bater na final o Porto-Real do Príncipe por 2-1 em jogo da 2ª mão disputado esta tarde no estádio 12 de Julho em São-Tomé, depois do empate 2-2 na 1ª mão no Príncipe, tendo o trofeu sido entregue pelo ministro dos Desportos, Vinícius de Pina, acompanhado de altas entidades desportivas do País.

Disputado esta tarde no estádio nacional, A Udra de São João de Angolares marcou o seu primeiro golo aos 34 minutos por intermédio de Zé num remate muito bem colocado, fixando 1-0 a favor dos campeões da ilha de São-Tomé, num resultado que manteve até ao intervalo.

No reatamento a equipa do técnico Adilson Varela voltou a marca num grande e espectacular golo de Inieste a surpreender toda a defensiva contraria com um remate quase indefensável para Mayêyê, o guarda-redes do Porto Real que não conseguiu evitar o pior.

Mas, já no período de compensação a equipa orientada por técnico Vladimiro Viegas conseguiu reduzir a desvantagem com golo de Bananeira que redimiu-se de uma falha anterior quando tinha a baliza deserta depois de um passe magistral do seu colega Gastão.

A Udra de Angolares alinhou com Dany, Tavarinho, Gando, Ivanaldo, Zé, Maki, Ilis, Bobo, Chibuco, Avó e Iniesta. Jogaram ainda Osvaldo, Vando e Jocy.

O Porto-Real alinhou com Mayêyê, Zeca, Gilson, Edy,Kilson,Jaty, Artur, Remy, Litos, Abel e Dilson. Jogaram ainda Semedo, Gastão e Bananeira.

O arbitro principal foi Sandino Ramos coadjuvado por Yornatex Neto, Mindlayne Ramos e Michael Portugal.

Cartão Vermelho e consequente expulsão directa, para Osvaldo da Udra de Angolares de São Tomé e Gilson do Porto Real do Príncipe, já no período de compensação.

Fim/RN

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome