Por: Arcangelo Dendê, jornalista da Agência de Notícias STP-Press

São-Tomé, 28 Dez (STP-Press ) –A nova direcção da Empresa de Água e Electricidade (EMAE) sob a orientação do ministro da tutela, Osvaldo Abreu,  começou nos últimos quatro dias a produzir “melhorais significativas” no fornecimento de energia elétrica, revelou quinta-feira o governo em comunicado de conselho de ministros.

De acordo com o comunicado as melhorias energéticas surgem em virtude de entrada em funcionamento da Central de Contador, da recuperação de dois grupos de geradores que se encontravam avariados, um em Santo amaro e outro na Central de São Tomé, aumentando a capacidade geral e actual de produção de 11 a 15 megawatts.

O conselho de ministros do actual governo liderado por Jesus enalteceu o facto e elogiou o ministro da tutela e os técnicos nacionais que se empenharam para tal recuperação, uma das aspirações assegurada pelo governo aquando dos primeiros dias de governação.

O reconhecimento pela melhoria energética surge 24 horas depois do Primeiro-Ministro ter anunciado um plano para “eletrificação sustentável e limpa” do País através de “migração do sistema térmico para renovável”, designadamente hídrico e solar bem como a aposta para “o tratamento e abastecimento de água potável” em todo território nacional.

“Aliás os 15 dias de governação à bombeiro permitiram mitigar os apagões e de défice energética com injeção de 15 megawatt na rede”- disse Jorge Bom Jesus tendo felicitado os técnicos da Empresa de Agua e Electricidade, EMAE, pela entegra aos serviços.

A crise energética no país, proporcionou a demissão do antigo director, Mário  Sousa que decidiu colocar o seu cargo  a disposição e provocou uma onda de protestos em diferentes locais do país.

Fim/AD

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome