Por: Ricardo Neto, jornalista da Agência de Notícias STP-Press

São Tomé, 01 de Jan ( STP-Press) – São Tomé e Príncipe acaba de repor a sua hora legal quando relógios na madrugada de hoje foram retrocedidos de 02:00 para 01:00, num atraso de mais 60 minutos, pondo fim ao anterior horário adotado há um ano no arquipélago.

A decisão da reposição da hora legal foi tomada há pouco menos de um mês numa reunião de conselho de ministros do governo chefiado pelo primeiro-ministro, Jorge Bom Jesus em cumprimento de uma das promessas eleitorais a quando das legislativas de 07 de Outubro último.

“ O Conselho de Ministros, relativamente a hora legal de São Tomé e Príncipe, decidiu que a partir de 1 de Janeiro de 2019 será reposta a nossa hora secular” – sublinhou na altura o porta-voz do Governo, Adelino Lucas, o Secretário de Estado para Comunicação Social.

A mudança da hora são-tomense por avanço de mais 60 minutos foi tomada em Janeiro de 2018 pelo antigo governo do ADI, liderado por Patrice Trovoada tendo alegado na altura o enquadramento a um novo plano estratégico e de desenvolvimento do País.

Bastante crítico a decisão do anterior governo, o actual Primeiro-Ministro, Jorge Bom Jesus havia prometido em campanha eleitoral que a reposição da hora legal seria a primeira decisão a tomar na qualidade de Chefe do Executivo são-tomense.

Fim/RN

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Seu nome