Agostinho Fernandes decide candidatar-se ao cargo de presidente do ADI

0
199

Texto: Ricardo Neto ** Foto: Lourenço da Silva

São Tomé, 11 Mar (STP-Press) – O jurista são-tomense, Agostinho Fernandes marcou para terça-feira a apresentação oficial da sua candidatura ao cargo de presidente do partido Acção Democrática Independente, ADI, na posição parlamentar de acordo com uma nota de apoio à candidatura envida esta manhã à STP-Press.

 “ Tendo em conta que desde Novembro de 2018 que o presidente do partido ADI [Patrice Trovoada] suspendeu o seu mandato e que na sequência da decisão do Conselho Nacional do ADI realizado no dia 26 de janeiro de 2019 que fixou congresso electivo para o dia 30 de Março, vimos informar a todos militantes do ADI e a população em geral que Dr. Agostinho Fernandes é candidato ao cargo do presidente do Partido Acção Democrática Independente, ADI” – lê-se na nota do partido.

Licenciado em direito, Agostinho Fernandes, actual administrador do Banco Internacional de São Tomé e Príncipe, exerceu as funções de ministro de Plano e Desenvolvimento e da Economia e Cooperação do então governo chefiado pelo antigo-primeiro-ministro, Patrice Trovoada, o auto-suspenso presidente do ADI, que também admitiu a hipótese de recandidatar-se ao cargo.

A data para realização do congresso foi fixada numa reunião do conselho nacional, durante a qual, Patrice Trovoada, que se encontra fora do País, numa mensagem vídeo sublinhou que “verei nessa altura se eu serei candidato a presidência do partido”

A apresentação de candidatura de Agostinho Fernandes está agendada para tarde de terça-feira as 16 horas locais num dos hotéis de São Tomé.

Fim/RN

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Seu nome