Governo promove feira integrada de saúde para comemorar o Dia Mundial de Luta Contra Sida

0
76

Texto: Arcangelo Dênde

Foto: Arcangelo Dênde

São Tomé, 02 Dez. de 2019 (STP-Press) – O coordenador do Programa Nacional de Luta Contra Sida, PNLS, Bonifácio Sousa garantiu no último Domingo, 01, que há, no geral, no País, uma tendência para diminuição das infeções por VIH/Sida, – soube-se, no País.

Essa declaração foi feita numa feira de saúde promovida pelo ministério tutelar em circunstância da comemoração conjunta do Dia Mundial de Luta Conta Sida (primeiro de Dezembro) realizada na cidade da Trindade, Distrito de Mé-Zóchi, de onde se ofereceu à população um pacote de consultas gratuitas, visando promover o dia e os demais serviços sanitários do arquipélago.

No evento multissectorial realizado sob o lema “As Organizações Comunitárias Fazem a Diferença”, o Coordenador do PNLS, garantiu que o Programa quer acabar com o Sida no País, por isso considera que todo o envolvimento comunitário é “importante e é essencial, na luta contra o VIH/Sida tendo em vista a sua eliminação”.

Por outro lado, face aos problemas de ordem financeiros, esse responsável, na circunstância manifestou a preocupação pelo facto do Programa não dispor dos dados mais actualizados, atinentes ao ano 2019, o que, segundo o mesmo, viabilizaria uma melhor avaliação da situação actual do País à volta de VIH/Sida que corresponde uma prevalência de 0,5 por cento, segundo os dados.

Em representação da OMS, Claudina Cruz, que se juntou à organização do evento, assegurou que os pacotes integrados de serviços, o papel das comunidades e das pessoas que vivem com VIH “que devemos imponderar”, são extremamente importantes na luta contra o Sida.

A população, que recorreu em massa à feira, congratulou-se com os diversos serviços sanitários e de registo civil presentes, designadamente o de testagem VIH, Estomatologia, Cardiologia, Acupuntura, Ginecologia, Registo de Nascimento e outros, tendo-os considerados uma ocasião ímpar, pela sua gratuidade e abrangência, “porque geralmente consegue-se uma consulta diária, mas aqui posso fazer diversas”, assegurou um popular.

O Dia Mundial de Luta Contra o Sida, de acordo com a OMS, visa alertar as populações para a necessidade de prevenção e de precaução contra o vírus de SIDA. Este vírus ataca o sistema sanguíneo e o sistema imunológico do doente.

A data tem ainda o objetivo de lembrar todas as vítimas que faleceram ou que estão infectadas com a doença.

Segundo os dados de UNAIDS, há mais de 30 milhões de pessoas infectadas pelo vírus VIH no mundo e mais de 25 milhões morreram em decorrência da doença.

Fim/AD

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Seu nome