Ministro da Defesa e Administração Interna pretende criar Autoridade de Proteção Civil

Resultado de imagem para ministro são-tomense da Defesa e Administração Interna, Arlindo Ramos

São Tomé 16 de mai. 2017 (STP-Press) – O ministro são-tomense da Defesa e Administração Interna, Arlindo Ramos reconheceu, segunda-feira a necessidade de criação de uma “Autoridade de Proteção Civil”, no país.

De acordo com o ministro da Defesa e Administração Interna, esta autoridade seria o órgão máximo do controlo, de alerta e de notificação dos serviços integrantes desta organização.

Arlindo Ramos que pronunciava na abertura de uma palestra sobre «Os Novos Desafios do Serviço Nacional de Proteção Civil e Bombeiros no Contexto Atual», admitiu pouca articulação entre os vários sectores que concorrem para o cumprimento desta missão.

“Ao nível do projeto das mudanças climáticas temos constatado que há alguma descoordenação daquilo que é a ação da prevenção, e a ação da mitigação dos riscos”, avançou o ministro.

Reconhecendo a complexidade dos desafios que se apresentam no mundo atual, o titular da pasta de Defesa e Administração Interna, apontou a necessidade de “unirmos a volta desse fenómeno das mudanças climáticas, de forma a dar resposta a qualquer alteração que possa surgir”.

Fim/LM

 

 

 

  Av. Marginal 12 de Julho – S. Tomé

Cidade de São Tomé – Telefone: n.º (00239) 2 222087 / (00239) 2 2223431- C.P. n.º 12 - E-mail:

© STP-PRESS. Todos os direitos reservados. © - web designer: João Soares

:: Política | Sociedade | Economia | Cultura | Entrevista | Desporto | Quem Somos | Contacto |  Arquivo |  Fórum ::