Brasil pede apoio de São Tomé e Príncipe para chegar a membro do Conselho de Segurança da ONU

Imagem relacionada

São Tomé, 17 mai. 2017 (STP-Press) – Brasil requereu, terça-feira, apoio diplomático oficial de São Tomé e Príncipe para integração deste país sul-americano no Conselho de Segurança da ONU, - anunciou hoje, o ministro brasileiro que escalou, por algumas horas, estas ilhas africanas.

Aloísio Ferreira, vindo de Maputo, onde fez igualmente o mesmo exercício, formalizou em São Tomé a petição, numa audiência demorada com o Primeiro-ministro são-tomense Patrice Trovoada. Na audiência, Ferreira anunciou o facto, sustentando que o xadrez diplomático internacional não reflecte a realidade actual, pontuando ausência de África no Conselho de Segurança.

O chefe da diplomacia brasileira que ao requerer a São Tomé o apoio oficial, para inclusão do seu país como membro não permanente do Conselho de Segurança recordouque a nomenclatura actual da ONU data de 1945.Na sua opinião, neste período África era dominado pelas principais potências coloniais e período que data da Segunda Guerra Mundial, onde “África não disponha de mais de 50 Estados hoje independentes”.

Além deste assunto central, Ferreira aflorou com o Chefe do Governo são-tomense a cooperação bilateral e a concertação político-diplomática.Classificou que a cooperação bilateral “é boa e vai no bom caminho e pensamos em reforça-la”.

Brasília e São Tomé, duas antigas colónias lusas e membros da CPLP, desenvolvem a cooperação bilateral desde 1975, em várias áreas.Das áreas mais salientes, vai para Educação, com vários estudantes são-tomenses neste país de América do Sul e brasileiros que desenvolvem campanha de alfabetização em São Tomé e Príncipe.

Áreas igualmente como agro-alimentar e domínio militar são também preferenciais paraos dois países, onde Brasil marca presença em São Tomé e Príncipe.Na área militar, Brasília dispõe de alguns instrutores que dão treino e cooperação na instalação da base naval e constituição da marinha de Guerra de São Tomé e Príncipe, numa perspectiva de combate a pirataria marítima assim como ao tráfico de pessoas e contrabando de petróleo na sub-região de África Central.

Fim/MD

 

 

 

  Av. Marginal 12 de Julho – S. Tomé

Cidade de São Tomé – Telefone: n.º (00239) 2 222087 / (00239) 2 2223431- C.P. n.º 12 - E-mail:

© STP-PRESS. Todos os direitos reservados. © - web designer: João Soares

:: Política | Sociedade | Economia | Cultura | Entrevista | Desporto | Quem Somos | Contacto |  Arquivo |  Fórum ::