Presidente adia eleições autárquicas

e regionais por falta de verba

São-Tomé, 14 Agst ( STP-Press) - O Presidente de São Tomé e Príncipe, Evaristo Carvalho decidiu optar pelo adiamento das eleições autárquicas e regionais previstas para finais deste ano por falta de “condições económicas e financeiras “do País., soube-se hoje de fontes partidárias.

 A opção do Chefe de Estado são-tomense foi tornada pública na manhã de hoje no palácio presidencial logo após audiências em separadas com os partidos políticos na sequência das informações prestadas há dias pelo governo sobre as condições para a organização dos escrutínios.

“O governo comunicou ao Presidente da República que neste momento o País não está em condições económicas e financeiras para suportar os encargos com a realização das eleições autárquicas e regionais”- disse Levi Nazaré, o secretário-geral do ADI, partido no poder em São-Tomé e Príncipe.

  “Fomos informados da impossibilidade da marcação da data das eleições justificada por constrangimento de natureza financeira”- disse, - o representante do MLSTP-PSD, na oposição, Américo Barros que considerou "absurda" a opção do chefe de Estado, tendo citado a existência de uma verba relativa a um fundo do arroz de Japão.

Enquanto o presidente do Partido de Convergência Democrática (PCD), Arlindo Carvalho, defendeu que o Governo "deve definir prioridades" porque há dinheiro para outras coisas”, tendo apontado como exemplo a existência de verba para organização do Tribunal Constitucional.

Do outro lado, o líder da UDD, Manuel Diogo condenou a opção do adiamento das eleições.

Fim/RN

 

 

 

  Av. Marginal 12 de Julho – S. Tomé

Cidade de São Tomé – Telefone: n.º (00239) 2 222087 / (00239) 2 2223431- C.P. n.º 12 - E-mail:

© STP-PRESS. Todos os direitos reservados. © - web designer: João Soares

:: Política | Sociedade | Economia | Cultura | Entrevista | Desporto | Quem Somos | Contacto |  Arquivo |  Fórum ::