Ex-líder Búfalo, Arlécio Costa desmente Peter sobre golpe de 2003

São-Tomé, 16 de Ags ( STP-Press ) – o antigo presidente do partido são-tomense, FDC, Arlécio Costa, ex-líder “Búfalo” desmentiu hoje as declarações do seu ex-companheiro, Peter Lopes sobre um alegado financiamento ao grupo aquando do golpe de Estado de Julho de 2003 no arquipélago.

O antigo líder, Frente Democrática Cristã, FDC, Arlécio Costa acusou o seu ex-companheiro Peter Lopes do extinto grupo Batalhão Búfalo, proveniente da Africa do Sul, de estar “ao serviço de alguém” com clara finalidade de gerar a “instabilidade e confusão” no País.

“ As declarações do Peter não correspondem a verdade” disse Arlécio Costa, que negou qualquer envolvimento de Patrice Trovoada no alegado financiamento ao golpe de Estado de 2003, tendo sublinhado que “ fizemos sozinhos os nossos trabalhos”.

“ Temos a certeza que Peter está sendo instrumentalizado para trazer conflito ao País” aos citar o nome deste titular da soberania “neste financiamento do golpe que não se enquadra com a verdade”, disse Arlécio Costa, tendo acrescentado que “deve haver alguém por detrás isto”.

Além de ter declarado que “ o senhor Peter não tem mandato nem legitimidade para falar em nome do grupo Batalhão Búfalo, o ex líder do grupo anunciado que “ vamos pedir justiça” com vista a responsabilização destas declarações feitas por  Peter nas redes sociais.

Esta reação de Arlécio Costa, um dos cabecilhas do golpe de Estado de 2003, surge pouco menos de 24 horas de um vídeo publicado nas redes sociais com as declarações do seu ex-colega do Batalhão e do partido, Peter Lopes sobre o alegado financiamento da referida sublevação militar no País.

Fim/RN

 

 

 

  Av. Marginal 12 de Julho – S. Tomé

Cidade de São Tomé – Telefone: n.º (00239) 2 222087 / (00239) 2 2223431- C.P. n.º 12 - E-mail:

© STP-PRESS. Todos os direitos reservados. © - web designer: João Soares

:: Política | Sociedade | Economia | Cultura | Entrevista | Desporto | Quem Somos | Contacto |  Arquivo |  Fórum ::