Governo reabre e assume os custos das realizações da Feira de Penha

São-Tomé, 01 Set ( STP-Press ) -O governo, através do ministério de agricultura e desenvolvimento rural, anunciou há poucas horas a reabertura, para amanhã, da Feira de Penha, visando contribuir para o uso dos produtos locais na dieta alimentar da população, no âmbito da política do executivo sobre segurança alimentar e nutricional implementada através do projecto do desenvolvimento de culturas alimentar, soube-se, no país.

A nova fase de abertura desta infra-estrutura “nutricional”, vai passar a ser mensal ao invés de duas vezes por mês e, outrossim, o governo decidiu suportar todos os custos para realização da feira, subvencionando alguns preços, de acordo com as informações avançadas pelo ministério e apurada pela STP-press.

Resultado de imagem para Feira de produtos agricola em são tomé e príncipe em  Penha

Esta nova praxe, no âmbito da segurança alimentar, visa “apoiar os agricultores” para colocarem “os produtos a preços acessíveis à população”, explicou Isolito Lisboa do ministério da agricultura, tendo apelado a aderência dos mesmos e ao mesmo tempo da população.

Feira de Penha situada em Boa Morte, a cerca de três quilómetros da capital são-tomense, foi construída com comparticipação do antigo parceiro de cooperação de São Tomé e príncipe e inaugurada pelo primeiro-ministro e chefe do governo, Patrice Trovoada, que na circunstância disse que era necessário o país avançar mais, mas em cada passo dar um passo certo.

Fim/AD

 

 

 

  Av. Marginal 12 de Julho – S. Tomé

Cidade de São Tomé – Telefone: n.º (00239) 2 222087 / (00239) 2 2223431- C.P. n.º 12 - E-mail:

© STP-PRESS. Todos os direitos reservados. © - web designer: João Soares

:: Política | Sociedade | Economia | Cultura | Entrevista | Desporto | Quem Somos | Contacto |  Arquivo |  Fórum ::