São Tomé e Príncipe prestes a atingir a meta de Estado de Desenvolvimento Médio

0
799

 

São Tomé, 03 jul. (STP-Press) – São Tomé e Príncipe vai deixar em 2021 o estatuto de “Estados Menos Avançados”, – anunciou quinta-feira o Ministro são-tomense da Economia Azul, Américo Ramos.

Ramos, igualmente, titular das Finanças, falava na Cidade de São Tomé, num “meeting” sensibilizativo, onde abordou os factores que concorreram para o seu país atingir este nível de desenvolvimento.

Segundo o governante, São Tomé e Príncipe terá três anos, para fazer a migração do presente nível para um Estado de Desenvolvimento Médio, a ser declarado pelas Nações Unidas.

De entre os indicadores, destaque vai para PIB, hoje a situar-se nos 3,6%, ao passo que PPC, em 2011 em 1.200, e em 2016 cresceu para 1.700 dólares ano.

Dos indicadores, igualmente, a ter em conta, destaque para a taxa de inflação fixada em 5.1, e a idade média dos são-tomenses, hoje na ordem de 70 anos.

A taxa de mortalidade infantil reduziu para os mínimos históricos, com uma taxa que varia entre 51 por 1.000 bebés nascidos.

São Tomé e Príncipe é dos poucos países subsarianos, com uma taxa de cobertura escolar acima da média africana, ou seja 95,5 %.

Ao nível da saúde, também registou importantes avanços, sendo dos poucos Estados com uma taxa vacinal acima dos 90%.

Fim/MD

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Seu nome