São sempre as mesmas pessoas em crimes de corrupção, diz Levy Nazaré

0
1522

São-Tomé, 12 Dez. ( STP-Press ) – O secretário-geral do partido são-tomense no poder, ADI, reagindo hoje a onda de casos judiciais de corrupção envolvendo altas individualidades públicas do arquipélago,  Levy Nazaré considerou de “triste por manchar o nome do País, mas, não surpresa por se tratar sempre das mesmas pessoas”.

A reação do secretário-geral do ADI surgiu esta manhã quando fazia o balanço da deslocação do seu partido à China onde participou num fórum do Partido Comunista Chinês, PCC, no âmbito da cooperação partidária.

Questionado sobre o rol de casos judiciais de corrupção envolvendo altos dirigentes políticos e judiciais do País, Levy Nazaré disse que “ é com muita tristeza que tomamos conhecimento de tudo, mas, não surpreendidos por serem sempre são as mesmas pessoas”.

O secretário-geral do ADI disse ainda que “ esperamos e confiamos no ministério público para fazer o seu trabalho, apurar as responsabilidades e esclarecer todo esse imbróglio, de forma a sabermos quem é quem”.

Tendo sublinhado que “o povo de São Tomé e Príncipe já está cansado de ouvir falar de escândalos financeiros, corrupção, envolvendo sempre as mesmas figuras públicas”, Nazaré disse que “ espero que desta vez a justiça possa funcionar”.

Nas últimas duas semanas a justiça são-tomense tem sida abalada com anúncios de crimes de corrupção, sobretudo, num caso relativo a cervejeira Rosema, envolvendo juízes, magistrados, deputados, dirigentes partidários e antigos membros do governo, juntando-se ainda a um outro caso de corrupção referente a compra de aviões da moçambicana LAM.

Fim/RN

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Seu nome