São Tomé e Príncipe já conta com um “Laboratório Nacional de Referência da Tuberculose”

0
2061

Por: Arcângelo Dendê, jornalista da Agência Noticiosa STP-Press

São-Tomé, 29 Jan (STP-Press) – São Tomé e Príncipe já conta um “Laboratório Nacional de Referência da Tuberculose” visando desenvolver, valorizar o conhecimento científico e melhorar o diagnóstico desta enfermidade, no País, anunciou sábado a ministra são-tomense de Saúde, Maria de Jesus Trovoada.

A nova unidade sanitária, já apetrechada, localiza-se no Hospital Dr Ayres de Menezes, arredores da capital são-tomense, foi inaugurada pela ministra de saúde, Maria de Jesus que garantiu “uma resposta mais eficaz na luta contra a tuberculose”, tendo reconhecido que esta doença “ainda é um dos problemas de saúde pública em São Tomé e Príncipe”.

Com uma taxa de incidência de 97 casos por 100 mil habitantes e um sucesso terapêutico em cerca de 76 por cento, “estamos hoje na altura de podermos dar uma melhor resposta na luta contra a tuberculose”, defendeu o coordenador do Programa Nacional de Luta contra a Tuberculose no arquipélago, PNLT, Bonifácio Sousa.

De acordo com o coordenador, com a nova unidade evita-se a dependência do País ao laboratório de Yondé, Camarões, permitindo elevar a cura para 85 por cento até 2022 em harmonia com a recomendação da Organização Mundial de Saúde, OMS, e “eliminar a incidência de tuberculose multirresistente”.

A montagem do laboratório está avaliado em pouco mais de um milhão de euros e surge no quadro de cooperação Sul-Sul, entre o governo são-tomense e brasileiro, este último que, na circunstância, enalteceu a concretização do laboratório, tendo assegurado a vontade de partilhar o desenvolvimento e “dar maior autonomia ao tratamento e em busca da cura da tuberculose, neste país”, disse o representante da diplomacia brasileira no arquipélago, Rodrigo Pacende.

Além da participação das autoridades do Brasil, as cerimónias inaugurais foram testemunhadas por vários membros do governo são-tomense e diversos responsáveis e técnicos de saúde.

Fim/AD

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Seu nome