Pai agride filha de 20 dias quando tentava pontapear a mulher

0
139

Por Manuel Dênde, Jornalista da STP-Press 

São Tomé (São Tomé e Príncipe), 13 Ago. 2021 (STP-Press) – Um cidadão de São-tomense está a contas com a justiça do País, por ter agredido a sua filha de 20 dias numa briga com a companheira por ter tirado limão na sua quinta, – soube-se hoje, na cidade de São Tomé. 

Um porta-voz da Polícia Nacional que denunciou o caso inusitado e que comoveu o País, relatou o episódio, informando que a cena ocorreu, na última quarta, na cidade de Angolares, no sul da Ilha de São Tomé, no Distrito de Caué. 

Segundo o porta-voz policial em declarações à Imprensa, o caso se deveu a uma briga entre o homem e a sua companheira resultante desta ter tirado limão na quinta do marido. 

Trata-se de um caso de violência doméstica, ao qual o pai movido pela fúria deste desentendimento decidiu pontapear a mulher, tendo a violência resvalado para a bebé de 20 dias que na altura da ocorrência esteva no colo da mãe. 

Segundo ainda o Comissário Isac Penhor, a luz desta agressão, a criança viu-se obrigada a ser evacuada de urgência para os serviços pediátricos do principal hospital do País, Dr. Ayres de Menezes, em estado deplorável. 

Diz ainda o porta-voz da polícia que a bebé, longe de estar fora de perigo ainda não consegue amamentar. 

O pai, suposto agressor, já a conta com a justiça, será entregue ao Ministério Público nas próximas horas para audição e provavelmente ser presente a um dos Tribunais de São Tomé e Príncipe. 

Violência doméstica tem sido frequente no País, tendo há mais de dois meses, organizações de Sociedade Civil, protestado e apelado as autoridades para agravarem medidas punitivas contra os infractores. 

Fim/MD/LM

STP-Press 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Seu nome